Concurso nacional premeia queijos da região de Sicó

0
244

Há 23 queijos que vão passar a exibir o selo “Prémio Melhor Queijo 2019 – Concurso Queijos de Portugal”. Os vencedores foram conhecidos a 28 de Outubro, em Lisboa. Em competição estavam 210 queijos, um número recorde. Desses, 46 tiveram ainda direito a menções honrosas.
Entre os vencedores estão os produtores de queijo do território de intervenção da ‘Terras de Sicó – Associação de Desenvolvimento’, que foram distinguidos durante a 11.ª edição do concurso “Queijos de Portugal”, nas categorias ‘Requeijão – Mistura’, e ‘Novos Sabores’.
Desta forma, a produtora Prado da Sicó foi a feliz vencedora do melhor requeijão de mistura, e a empresa Serras de Penela viu o seu queijo curado de mistura de alho e orégãos premiado na categoria de Novos Sabores.
O júri atribuiu, ainda, menções honrosas à “Queijaria da Licínia”, na categoria ‘Queijo Fresco – Cabra’, à ”Flor da Serra”, na categoria ‘Queijo Fresco – mistura’. A marca “Pastor do Sicó” recebeu uma menção pelo seu ‘Queijo Fresco- Mistura’, a “Serras de Penela” foi reconhecida na categoria ‘Requeijão – Mistura’ e a “Aldeia de Cotas” foi galardoada na categoria ‘Ovelha – Cura Prolongada’.
As distinções resultaram de “uma análise rigorosa, objectiva e técnica, em regime de ‘prova cega’, feita por 25 jurados, nas instalações da ALS Controlvet / Fullsense, em Tondela”, como explica a Associação Nacional dos Industriais dos Lacticínios, entidade organizadora.
O júri englobou representantes do sector, dos organismos de controlo e certificação, de instituições de ensino, da restauração e da gastronomia, da distribuição e dos meios de comunicação social. Os vencedores foram anunciados numa cerimónia realizada no âmbito do evento “Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2019”, na Feira Internacional de Lisboa (FIL).

Eis os “melhores queijos do Concurso Queijos de Portugal 2019”:

QUEIJO FRESCO VACA: Requeijoeste (Filomena Maria Amaro)
QUEIJO FRESCO OVELHA: Tété (Tété II – Produtos Lácteos)
QUEIJO FRESCO CABRA: Luísa (Rigor Fresco)
QUEIJO FRESCO MISTURA: Queijo Fresco Cabreiro (Lactifeita Unipessoal)
QUEIJO FRESCO ATABAFADO: Guilherme (Queijaria Guilherme)
REQUEIJÃO DE VACA: Paiva – Requeijão de Lamego (Lacticínios do Paiva)
REQUEIJÃO DE OVELHA: Queijaria Sapata (Sapata e Filha)
REQUEIJÃO DE CABRA: Quinta da Rigueira (Queijos Quinta da Rigueira)
REQUEIJÃO DE MISTURA: Prado da Sicó (Queijaria Prado da Sicó)
FLAMENGO: Ilha Azul (CALF – Cooperativa Agrícola de Lacticínios do Faial)
VACA CURA NORMAL: Flor da Estrela (Lactovil – Lacticínios de Trancoso)
VACA CURA PROLONGADA: A Queijaria Apimentada (Lacticínios MAF)
ILHA: São Miguel, 9 Meses (UNILEITE – União das Cooperativas Agrícolas de Lacticínios e de produtores de Leite da Ilha de São Miguel)
OVELHA AMANTEIGADO: Vale do Côa (Lacticoa – Lacticínios do Côa)
OVELHA CURA NORMAL: Vale do Côa (Lacticoa – Lacticínios do Côa)
OVELHA CURA PROLONGADA: Serramonte Santiago (JD – Empresa de Lacticínios)
CABRA CURA NORMAL: Quinta da Rigueira (Queijos Quinta da Rigueira)
CABRA CURA PROLONGADA: Quinta dos Moinhos Novos – queijo de cabra serrano (Lactimercados)
MISTURA CURA NORMAL: Quinta dos Moinhos Novos – queijo bica (Lactimercados)
MISTURA CURA PROLONGADA: Três Igrejas, 6 Meses (Queijo Saloio)
PARA BARRAR: Rico Creme com Nozes (Lacticínios MAF)
NOVOS SABORES FRESCOS: Herdade da Maia Requeijão de Ovelha com Doce de Abóbora (Sociedade Industrial Herdade da Maia)
NOVOS SABORES: Serras de Penela Curado de Mistura Alho e Orégãos (Serqueijos Pimenta, Fabrico de Queijos do Rabaçal)