Clube de Ténis promove projecto para crianças desfavorecidas

0
188

“Desenvolver grandes valores, como sejam o respeito pelo outro, o desportivismo, a resiliência e a capacidade para lidar com a adversidade”, é o objectivo do projecto “Ténis Solidário” que será implementado em Pombal, resultado de uma parceria entre a Câmara Municipal, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) e o Clube de Ténis de Pombal.
O projecto surge depois de ter sido realizado um ano experimental que, de acordo com a avaliação efectuada pela equipa do Programa Municipal de Potenciação do Sucesso Escolar, teve um “impacto positivo” no “desenvolvimento integral das crianças” envolvidas. Agora, a iniciativa será reforçada com a inclusão da CPCJ e a integração de jovens abrangidos pelo Projecto 3I’s – Intervir, Integrar e Incluir, destinado, essencialmente, à comunidade de etnia cigana.
Aquelas entidades consideram que “o contexto desportivo potencia a capacidade individual de lidar com o sucesso e o insucesso, a autodisciplina, o desempenho sob pressão, o controlo emocional e o trabalho em equipa, entre muitas coisas, complementando a qualificação profissional e a construção e manutenção de relações pessoais e interpessoais saudáveis e satisfatórias.”
Reconhecem, ainda, que “o desporto é, indiscutivelmente, um promotor de hábitos de saúde e de civismo” assumindo “particular relevância e pertinência enquanto função social, revendo-se como mecanismo potenciador de inclusão social, integração e igualdade de oportunidades.”
Por outro lado, a Câmara Municipal refere que é seu propósito “proporcionar a toda a população, com particular destaque para as crianças e jovens, o acesso ao desporto, dando especial atenção à população portadora de deficiência, bem como a todos aqueles que se apresentem como mais desfavorecidos económica e socialmente, uma vez que têm menores oportunidades de acesso quando comparados com a população em geral.”
Os parceiros realçam que aquele projecto de intervenção social “visa, mediante ensinamentos próprios da modalidade, desenvolver grandes valores, como sejam o respeito pelo outro, o desportivismo, a resiliência e a capacidade para lidar com a adversidade, que se pretende que sejam valores intrínsecos presentes no comportamento diário de crianças e jovens e, consequentemente, na sua vida futura.”
Entre outros aspectos, o município garantirá o pagamento, mensal, de uma comparticipação financeira de 330 euros ao Clube de Ténis de Pombal, enquanto que a este lhe compete “desenvolver actividades tendentes ao fomento do ensino e da prática da modalidade, bem como à integração de novos alunos na Escola de Ténis, com o apoio dos seus patrocinadores, parceiros institucionais e mecenas.” Já a CPCJ assegurará a sinalização de crianças e jovens para participarem no projecto.
A iniciativa irá ser acompanhada através de uma avaliação realizada pelos três parceiros, bem como de inquéritos levadas a efeito junto dos encarregados de educação das crianças envolvidas.

*Notícia publicada na edição impressa de 15 de Agosto

Partilhar
Artigo anteriorPartido Socialista debate “Ideologia na Economia”
Próximo artigoObras nos Governos e Vinagres adiadas para 31 de Outubro
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.