Cerca de 2800 jovens vão estar em Pombal para viver “Os Dias na Diocese”

0
905
Equipa de coordenação do COT Marquês

De 26 a 31 de Julho, 17 dioceses de Portugal Continental e Ilhas recebem jovens de todo o mundo para viver os “Dias da Diocese”, num encontro que antecede a semana da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023. O objectivo é integrar estes peregrinos “nas comunidades e grupos de jovens das várias dioceses do país”, como explica Isabel Silva, da equipa de coordenação do Comité Organizador Territorial (COT) do Marquês.
Ao todo, o concelho de Pombal prepara-se para receber, naquele período, cerca de 2800 jovens, distribuídos pela Paróquia de Pombal (1500), Paróquia do Louriçal (200), Unidade Pastoral Emaús, da qual fazem parte as paróquias de Abiul, Vila Cã e Santiago de Litém (360), Unidade Pastoral Sagrada Família, que integra as paróquias da Ilha, Guia e Mata Mourisca (300) e Unidade Pastoral São Francisco, formada pelas paróquias de Almagreira, Pelariga e Redinha (440).
“Durante esses dias, os participantes podem ficar a conhecer melhor a região que os acolhe, bem como a Igreja local e as suas especificidades, ficando alojados, à semelhança da semana da jornada, em casas de famílias, instalações paroquiais ou públicas, de modo a poderem fazer uma verdadeira experiência de Igreja, evangelização e missão”, explica o COT Marquês.
Na sequência do desafio lançado pelo Papa Francisco, a equipa de coordenação refere que estão “a tentar acolher o máximo de peregrinos em Famílias de Acolhimento, para que eles possam viver esta experiência da forma mais enriquecedora possível”. Até à data, já estão inscritas cerca de 250 Famílias de Acolhimento, que irão receber, nas suas casas 752 jovens, revela a equipa de coordenação. A estes números somam-se 140 voluntários, que irão dar apoio nas actividades previstas para os “Dias na Diocese”. Por seu turno, os jovens aos quais não seja possível assegurar uma Família de Acolhimento ficarão em espaços colectivos de alojamento, como pavilhões, escolas ou salões de associações, e que já se encontram reservados, esclarecem os mesmos responsáveis.

A criação do COT Marquês
O COT Marquês foi formado há cerca de dois anos com o objectivo de organizar os “Dias nas Dioceses”, o que incluía o alojamento (em famílias de acolhimento ou em espaços colectivos), alimentação e preparação das actividades a realizar, naqueles dias, para os jovens peregrinos estrangeiros, recorda Isabel Silva. As actividades previstas são também abertas à participação dos jovens das paróquias de Pombal que tenham entre os 14 e os 30 anos bastando, para isso, que em grupo ou individualmente entrem em contacto com o COT Marquês.

Ao longo destes dois anos, a equipa de coordenação dinamizou sobretudo “actividades de divulgação da JMJ e dos Dias na Diocese”, mas também “campanhas financeiras para angariação de verbas que nos permitam a realização destas actividades sem qualquer custo para os nossos jovens portugueses”.
Depois da peregrinação dos Símbolos JMJ, que decorreu de 28 a 30 de Abril, no próximo dia 7 de Maio (domingo) terá lugar um concerto com o Coro do COD Coimbra, integrado na Tourné “Há Pressa no Ar”, e que conta com a participação do padre João Paulo Vaz, como maestro, estando igualmente previstas mais algumas acções de divulgação a nível local.

“O nosso grande foco, neste momento, está em estruturar e organizar as actividades dos Dias na Diocese, por forma a serem dinâmicas e direccionadas para os jovens, para que eles se sintam acolhidos e consigam levar com eles o melhor de Pombal e dos pombalenses”, conta Isabel Silva. Por outro lado, “temos ainda outro grande objectivo que é conseguir apoios financeiros, entre donativos e patrocínios, para cobrir as despesas de alimentação e realização de actividades dos nossos jovens pombalenses que irão estar integrados nestes dias em conjunto com os jovens estrangeiros, para que a sua participação possa ser feita sem qualquer custo para eles, uma vez que terão já que suportar o valor da inscrição na JMJ em Lisboa”, nota a mesma responsável. “Estamos a caminho, agora já a menos de 100 dias, e iremos apressadamente”, conclui a equipa de coordenação do COT Marquês.

Legenda: Equipa de coordenação do COT Marquês