Castanhas, passeio de carros clássicos, petiscos tradicionais, concentração de caravanistas, magia e muita animação, é assim que a freguesia de Vermoil se prepara para receber mais uma edição do secular Bodo das Castanhas.

A Junta de Freguesia de Vermoil, com o apoio do Município de Pombal, realiza nos dias 25, 26 e 27 de Outubro, mais uma edição do Bodo das Castanhas, Feira Secular de Frutos Secos e Tasquinhas. Cheio de história e de tradição, o evento dispensa apresentações e atrai à região milhares de visitantes, vindos de vários pontos do país, e até de outros países. A concentração de caravanistas é um dos motivos pela qual se juntam tantos curiosos em Vermoil, mas o passeio de carros clássicos, a prova de BTT, ou a procura de frutos secos são outras das atracções do certame.
Carlos Santos, presidente da Junta de Freguesa de Vermoil, acredita que principal segredo para o sucesso do certame “é o empenho e a dedicação das nossas associações, que conseguem atrair mais gente”, com a dinamização das “tasquinhas, que mostram a excelente gastronomia da região”.
O evento, que envolve várias actividades desportivas, culturais e gastronómicas, conta com a participação das colectividades da freguesia – a Associação Clássicos de Vermoil, Associação de Dadores de Sangue do Outeiro da Ranha, Associação Desportiva da Ranha, a Associação de Vizinhos e Amigos de Matos da Ranha, o Atlético Clube de Vermoil, BTTralhos, VermoCrawler, Associação Desportiva e Recreativa de Vermoil, Centro Social Júlio Antunes e a Sociedade Filarmónica Vermoilense.
O autarca garante que “evento apresenta moldes semelhantes” aos que a organização já nos habituou, sendo que “existem sempre coisas a melhorar”, até porque o “objectivo é que o Bodo das Castanhas continue a crescer em dimensão e em notoriedade”.
Uma das alterações que Carlos Santos gostaria de implementar no certame passa pela colocação de um palco exterior no recinto das festividades, no entanto “é um passo muito arriscado, porque estamos dependentes da boa vontade do São Pedro”, uma vez que “esta época do ano é imprevisível no que toca à meteorologia”.
As tasquinhas servem os petiscos típicos da região, os produtores trazem as tão aguardadas castanhas, e outros frutos secos, a criançada pode aproveitar o dia para participar em diversas actividades, no âmbito da programação do Bodo Alta.Mente, e há tempo para um ‘pé de dança’. Assim, a abertura do Bodo das Castanhas está marcada para as 18h00 de sexta-feira, 25 de Outubro, seguindo-se a abertura das Tasquinhas, a tradicional Missa Comunitária, que se realiza na Igreja ‘Velha’ de Vermoil, actuação da Filarmónica Vermoilense e o baile.
Este é um evento, “que nasce da vontade de muitos voluntários que, em grande espírito associativo, conseguem erguer uma grande festa”, revela o autarca, enquanto apela à participação de todos. Afinal, um evento desta dimensão só se faz com público, e quem não gosta de umas castanhas ‘quentes e boas’?

Escola Primária recebe exposição de orquídeas

À semelhança do que aconteceu no ano passado, no último fim-de-semana de Outubro, Vermoil recebe a 3.ª Exposição de Orquídeas, organizada em parceria com a Associação Portuguesa de Orquidofilia. No entanto, e ao contrário do que tem vindo a acontecer nas edições passadas, este ano o evento realiza-se nas instalações da antiga Escola Primária de Vermoil, permitindo “que mais pessoas vejam a exposição e participem nos workshops agendados”, revela o autarca vermoilense.
Assim, durante os dias 26 e 27 de Outubro, para além de ser possível apreciar belíssimos exemplares de orquídeas, também pode participar nas palestras “Cultivo de Oncidium” e “Cultivo de Cymbidium”, por José Costa, e “Montagem e técnicas de envasamento”, ministrado por Rafael Santos.

BTTralhos espalha adrenalina pelos trilhos da freguesia

Nem só de festa se faz o Bodo das Castanhas em Vermoil. Prova disso é o XIII Raid BTTralhos, que se realiza a 27 de Outubro e percorre trilhos, caminhos rurais, públicos e estradas do da freguesia de Vermoil, e que se estende a outros pontos do concelho.
Com um percurso de 45 quilómetros, o raid cronometrado tem uma dificuldade física e técnica alta, para quem gosta e pratica esta modalidade afincadamente. Para os menos aventureiros ou com menos resistência a organização, está a ser preparado também um passeio todo-o-terreno em bicicleta, com uma distância de 30 quilómetros e de dificuldade média.
A abertura do secretariado faz-se às 07h30, junto ao campo de futebol de Vermoil, e a partida está marcada para as 9h15, depois de todos os atletas passarem pelo posto de controlo.