BioArtes volta a promover “cultura, tradição e ecologia”

0
351

Animação, workshops, mostras de cozinha, mercado de trocas infantil, mostra de artesãos, quinta pedagógica e muito mais, na segunda edição do BioArtes, um evento que junta “ecologia, tradição e cultura”. A iniciativa, que nasceu uma parceria entre a da Junta de Pombal com a Associação de Artesãos de Pombal (ADAP), realiza-se a 14 e 15 de Setembro, em pleno Cardal.

O Jardim do Cardal prepara-se para receber a segunda edição de um evento que pretende ser de continuidade, e onde os grandes objectivos passam pela “dinamização da economia local e a divulgação dos produtos ‘made in Pombal’”, bem como “incentivar o espírito empreendedor e a criatividade dos pombalenses, estimular o fomento de micro-negócios relacionados com a valorização dos produtos endógenos”, “promover e relacionar conceitos de cultura, tradição e ecologia, como marcas distintivas da nossa comunidade”, e ainda “apoiar o desenvolvimento da Associação de Artesãos de Pombal”, explica a Junta de Freguesia de Pombal, liderada por Pedro Pimpão. O evento realiza-se este fim-de-semana, 14 e 15 de Setembro, entre as 11h00 e as 20h00.
“O BioArtes é um projecto que consiste na dinamização de um mercado comunitário que visa a promoção e valorização de produtos locais e artesanais de Pombal”, assim durante estes dois dias, os visitantes têm a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pelos vários artesãos do concelho, e nas mais variadas áreas, “desde o barro, à madeira, passando pela cestaria, cerâmica, ou têxtil”, provar algumas das iguarias da região e participar em workshops sem esquecer os momentos de cultura e animação.
No que respeita à animação, será dado destaque à tradição, com o desfile da Marcha Popular do Município de Pombal, a actuação do grupo de música tradicional “Amigos do Cavaquinho”, a actuação dos alunos da Musicool e o “Concerto no Coreto” com a Filarmónica Vermoilense, no sábado à tarde. Na noite de sábado, realiza-se uma animada folia académica coma actuação de várias tunas da região centro, numa parceria com a ADEPES – Associação de Estudantes Pombalenses no Ensino Superior. Está ainda agendada a realização do “segundo Encontro Folclórico da Freguesia de Pombal”, com a participação dos Ranchos Folclóricos da Charneca, Guístola, Pinheirinho e Pombal”.
Segundo a autarquia, o BioArtes nasceu “de uma parceria com a Associação de Artesãos de Pombal”, que pretende promover e valorizar os produtores e artesãos da freguesia. Além da mostra de produtos e artesãos de Pombal, o BioArtes contempla uma quinta pedagógica e um mercado de trocas infantil, um espaço de partilha, onde se pretende incentivar as crianças a trocarem brinquedos e jogos que já não utilizem”, a actividade dinamizada pelo Agrupamento de Escuteiros local.
Ao longo do evento há ainda outras actividades, como um laboratório de artes no qual os participantes são desafiados por exemplo a desenhar monumentos e existe, ainda, um espaço relacionado com a ecologia, onde vai estar em foco a reciclagem, compostagem e criação de jardins verticais ou hortas em casa. Para a tarde de domingo estão reservados passeios de charrete. A participação é gratuita.
Por se tratar de um evento “para a comunidade”, nem as grávidas foram esquecidas, com a realização de um workshop de Babywearing, onde se pretende mostrar “como transportar o bebé junto de si”, uma aula de dança Embalaiê, que “promove o desenvolvimento global do bebé na fase inicial de vida em que faz as suas primeiras aprendizagens” e “permite fortalecer laços” entre o bebé e o cuidador, e ainda sessões de yoga e dança para crianças, entre outras iniciativas.