A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pombal celebrou, no domingo passado, 19 de Maio, o 107.º aniversário, com a inclusão de mais 18 novos soldados da paz na corporação pombalense, ainda que o presidente da instituição, Sérgio Gomes, admita que, esta é uma prática que pode estar mais dificultada no futuro, uma vez que “é cada vez mais difícil angariar voluntários”.

Rodrigues Marques homenageado com “Crachá de Ouro”

Em dia de aniversário, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pombal aproveitou o clima festivo para prestar homenagem ao filho de um dos seccionistas fundadores da, então 5ª Secção, hoje 3ª Companhia, dos Bombeiros Voluntários de Pombal, sediada em Albergaria dos Doze, e antigo dirigente da instituição, Manuel Simões Rodrigues Marques, “pelo serviço prestado à causa humanitária, aos soldados da paz pombalenses e aos Bombeiros de Portugal”, com a atribuição da distinção honorífica “crachá de ouro”.
Segundo a actual direcção da Associação Humanitária, o “Engenheiro Rodrigues Marques cumpriu sim, de forma condigna, honrosa, elevada e com um profundo e intrínseco sentido de missão e de servir”, servindo o próximo, “muitas e muitas vezes, com elevado sacrifício pessoal”.

 

Notícia em desenvolvimento na edição n.º 157, do Pombal Jornal