António Poiares & Leandro Siopa têm novas instalações

0
1679

O escritório de solicitadores António Poiares & Leandro Siopa mudou de instalações, mas mantém-se no mesmo edifício, na Rua António Varela Pinto. Desde quinta-feira passada, dia da inauguração, os serviços funcionam no rés-do-chão.

Para Leandro Siopa, a estratégia passa por uma maior “proximidade às pessoas” e, ao mesmo tempo, pela necessidade de “potenciar o serviço do Balcão Único do Solicitador”, que o escritório já possuía, mas que se espera vir a ganhar uma dinâmica ainda maior com o funcionamento em loja.

No fundo, sublinha Leandro Siopa, os clientes vão encontrar um espaço com os serviços que o anterior escritório já disponibilizava, mas com melhorias significativas ao nível da localização, acessibilidade e condições de trabalho.

Em Pombal desde 2007 [juntou-se a António Poiares no ano seguinte], Leandro Siopa diz que a imagem que tinha do solicitador, nessa altura, não difere muito da actual. “Há é uma mudança de paradigma na actividade profissional, e a essa mudança a própria Câmara dos Solicitadores esteve atenta”, frisa. “Enquanto a maioria dos juristas funciona em apartamento, a Câmara dos Solicitadores, com a criação do Balcão Único do Solicitador, implementou o conceito de funcionar em serviço de loja”, refere Leandro Siopa. “O facto de o notariado se ter tornado privado trouxe os notários para um meio que já era dos advogados e dos solicitadores”, nota. “Houve uma mudança de hábitos, as pessoas também estão a mudar, assim como a acessibilidade aos serviços”, aponta Leandro Siopa. Uma nova realidade que obriga à implementação de estratégias que saibam dar resposta às novas exigências. “O que pretendemos é acompanhar a mudança dos tempos, o paradigma do serviço jurídico, e procurar estar sempre um passo à frente daquilo que é a mudança da sociedade”, afirma.

Contudo, “não temos qualquer intenção de criar concorrência com o notariado, com os colegas solicitadores ou com os advogados, e muito menos com a conservatória”, esclarece Leandro Siopa, em jeito de conclusão.

Notícia publicada na edição nº50, de 19 de Fevereiro