Ana Carolina Jesus substitui Pedro Roma no executivo da Junta de Pombal

0
746
A sessão da Assembleia de Freguesia decorreu no Casal Fernão João

Pedro Roma, que desde o início do corrente mandato autárquico era vogal da Junta de Freguesia de Pombal, deixou o cargo para aceitar um novo desafio profissional como treinador de futebol. A substituição decorreu nesta quinta-feira à noite na Assembleia de Freguesia que decorreu na localidade de Casal de Fernão João.
A nova vogal do executivo presidido pelo social-democrata Pedro Pimpão é Ana Carolina Jesus, que foi eleita para o cargo por maioria, com três abstenções dos membros eleitos pelo Partido Socialista.
Na ocasião, Pedro Pimpão apresentou um voto de louvor “à dedicação de Pedro Roma enquanto vogal da Junta de Freguesia de Pombal”. O documento surge no momento em que o antigo vogal cessa funções “em virtude de uma oportunidade imperdível de desenvolver a sua carreira profissional no estrangeiro”.
“Pedro Roma deixou uma marca muito positiva na Junta de Freguesia de Pombal, conferindo notoriedade, visibilidade e credibilidade ao executivo, com uma repercussão significativa na valorização deste órgão e desta instituição”, refere.
Para o presidente da Junta, “o Pedro continuará a ser um de nós e não haverá distância que o consiga separar de um projecto que ele ajudou a construir e que está feito à sua imagem.”
Por outro lado, Pedro Pimpão realças as “competências técnicas e humanas” da nova vogal, Ana Carolina Jesus, salientando que a mesma “está integrada no projecto” para a freguesia de Pombal.

Partilhar
Artigo anteriorTabernas da Mata Mourisca promovem gastronomia e cultura local
Próximo artigoMercado do Gado: burocracia afecta negócios na ‘Feira dos 14’
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.