Alvaiázere adere a programa de medicamentos gratuitos para carenciados

0
99

Com o principal objectivo de garantir o acesso aos medicamentos prescritos por receita médica por parte de qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica, o município de Alvaiázere aderiu, no passado dia 29 de Outubro, ao Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento, desenvolvido pela Associação Dignitude.
Segundo a presidente da Câmara Municipal, Célia Marques, “este é um momento muito importante”, na medida em que a adesão a este programa, formalizada com a assinatura de um protocolo, “trará com toda a certeza benefícios para a nossa população, em especial para os mais carenciados”, uma vez que “este projecto permitirá facilitar ou agilizar a atribuição de um apoio para a aquisição de medicamentos”, permitindo “dar uma resposta à nossa população que de outra forma não conseguiríamos”, ressalva.
De referir que a adesão daquele município à Rede Solidária do Medicamento implica “o empenho de recursos humanos para a operacionalização deste projecto, bem como a prestação de um valor de 100 euros por cada beneficiário”, destaca a autarquia, que desta forma “reforça o leque de medidas de âmbito social, de apoio à população desfavorecida e em situação de vulnerabilidade social”.
Com a adesão de Alvaiázere à iniciativa, a Associação Dignitude aumenta para 145 o número de protocolos e para 136 o número de concelhos com os quais estabeleceu parceria. Ainda assim, “temos um caminho longo para percorrer”, admite Maria João Toscano, directora executiva da Associação Dignitude, enquanto salienta que “temos a ambição de estender o programa a nível nacional”, por “tratar-se de uma necessidade transversal a todo o país”.