40 motas antigas aceleraram em Anços

0
1169

O 3º Encontro de Motorizadas Antigas juntou, no dia 13 deste mês, quatro dezenas de participantes, na sua grande maioria da freguesia da Redinha, numa iniciativa organizada pela Associação Cultural e Recreativa de Anços.
A boa-disposição do grupo foi complementada com inúmeros prémios que destacaram o participante mais velho (Manuel Santana), a motorizada mais antiga (propriedade de José Carlos Catarino e datada de 1965) e o maior grupo (Anços Bar, com 15 elementos).
A direcção da colectividade, que tomou posse em Janeiro deste ano, espera continuar a dinamizar esta e outras iniciativas ao longo do ano, com o intuito de estimular o convívio entre a população, abrindo portas a todos quantos queiram participar nos eventos realizados. O objectivo é tentar dar nova vida à associação, após um período de esmorecimento.
Depois do encontro de motorizadas antigas, a direcção canaliza agora os esforços para o 4º passeio de cicloturismo, previsto para o final do Verão, mas ainda sem data definida.
A direcção é composta por Luís Amaro (presidente), José Alberto (vice-presidente), Marco Branco (tesoureiro), Manuela Manaia (2º secretário), Patrick Santos (1º vogal) e Mauro Ribeiro (2º vogal). Na assembleia-geral estão Raquel Castro (presidente), Inês Ribeiro (1º secretário), Paulo Brito (2º secretário), Isilda Martins (vogal) e Ricardo Sebastião (vogal).