Restaurante Vintage volta a ser distinguido

0
4851
A chef Margarida Tomás junto ao diploma atribuído nesta edição

O restaurante Vintage continua a juntar distinções ao seu portefólio e a ser um dos melhores embaixadores gastronómicos do concelho. A participação, pelo quarto ano, no concurso Tejo Gourmet, valeu ao conceituado espaço de restauração a atribuição de mais um diploma de ‘Ouro’, entregue no dia 24 de Março, no decorrer da Gala Tejo, cerimónia na qual marcaram presença perto de quatro centenas de convidados.
Para esta edição do concurso, organizado pela Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo e pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo, a chef Margarida Tomás surpreendeu o exigente júri da iniciativa com um cardápio que tinha, como entrada, um crocante de farinheira de canela com maçã e nozes caramelizadas, acompanhada por um vinho Ninfa Sauvignon Blanc 2016. O prato principal do menu, enquadrado na categoria de cozinha tradicional, era composto por entrecôte maturado com batata estaladiça, cogumelos e espargos, acompanhado por um vinho Conde Vimioso Reserva Tinto 2014. Para a sobremesa, a chef optou por um crumble com frutos vermelhos e gelado de baunilha, servido com um vinho Ninfa Maria Gomes Branco 2015.
A cada prémio conquistado, Margarida Tomás partilha-o com a equipa de profissionais que diariamente a acompanha, pela dedicação e entrega com que abraçam este projecto, mas também com os inúmeros clientes que fazem do Vintage um espaço de eleição para as refeições do dia-a-dia, ou o escolhem para as ocasiões especiais, seja em família ou com amigos.
A par destes factores, a responsável pelo espaço encara ainda a participação nesta e noutras iniciativas como um importante passaporte para, através de uma cozinha de excelência, dar visibilidade ao concelho e ao que de melhor aqui se faz.
Localizado no centro da cidade, o Vintage assume-se como um restaurante de inspiração cosmopolita, com uma aposta clara na vanguarda culinária, complementada com uma carta de vinhos de elevada qualidade. Graças à qualidade do serviço prestado, o restaurante é hoje em dia um dos cartões-de-visita gastronómicos do concelho, com uma notoriedade que extravasa já as fronteiras da região. Nada que se estranhe, a partir do momento em que ali se entra. É que além de se comer bem, no Vintage nenhum pormenor é deixado ao acaso, o que equivale a falar da simpatia de cada colaborador, da decoração e do ambiente acolhedor.

43
Participaram, nesta oitava edição do concurso, 43 restaurantes de vários pontos do país. O objectivo era criar menus que fizessem a conjugação perfeita entre o prato e o vinho.

4
O Vintage participou pela quarta vez no concurso. Em todas as ocasiões foi sempre distinguido. No palmarés conta agora com dois diplomas de prata e dois de ouro.