Rendalíssima

0
154

A comunicação humana é uma complexa área de investigação. Em múltiplos estudos conclui-se ser um fenómeno e uma função social e profissional, processada através de dois níveis: o verbal e o não-verbal. Depois de dedicar alguns anos ao Jornalismo, decidi aprofundar os meus conhecimentos nesta vertente tão interessante da minha formação académica. A comunicação não-verbal é a forma não discursiva que se transmite através de três suportes: o corpo, os objectos associados ao corpo e os produtos da habilidade humana. Investigações científicas atestam que as relações interpessoais são mais influenciadas por canais de comunicação não-verbais do que verbais, pelo que facilmente entendemos que o discurso não-verbal assume relevância nos processos de comunicação humana. Os números são claros: 55 por cento da mensagem de um discurso é transmitida através da linguagem corporal. A voz é responsável por 38 por cento e as palavras apenas por 7 por cento. E se eu lhe disser que uma primeira impressão demora cerca de sete segundos a ser formada? É por tudo isto e muito mais que a Consultoria de Imagem pode ser útil em vários sectores das nossas vidas. Tendo em conta a personalidade, estilo de vida, gostos pessoais, biótipo, paleta de cores, tipo de rosto e outras características, ajudo os meus clientes a criar o seu estilo pessoal, construindo a imagem que pretendem e assegurando um impacto positivo na forma como se percepcionam – e os outros também. Todo este trabalho é resultado da implementação de uma estratégia definida com base na autenticidade. Já não são apenas as celebridades que procuram os serviços de uma Consultora de Imagem e não interessa a idade, o género ou o peso. Todos temos algo para melhorar e eu acompanho homens, mulheres, empresas e marcas nesse processo.

A Moda é um óptimo ajudante na interpretação da evolução da Humanidade, pelo que considero que seja um dos instrumentos mais valiosos para o estudo antropológico da sociedade. A forma como nos vestimos reflecte não apenas a personalidade mas também e principalmente, a História da nossa espécie. Se assim não fosse, não teríamos a capacidade de apontar estilos específicos de cada época e ainda nos cobriríamos apenas com pedaços de pele de animais para nos protegermos do frio.

É por isso que acredito que considerar futilidade todo e qualquer estudo sobre as escolhas vestimentares que fazemos é uma grotesca manifestação de ignorância. A indústria da Moda vende sonhos mas gera mais dinheiro e cria mais postos de trabalho do que o Estado Português, por exemplo. Assim, justifica-se que os que realmente amam Moda (e não escrevem Channel para aludir a Mademoiselle Gabrielle Bonheur Chanel) valorizem o que faz parte da construção da nossa imagem como artefactos que representam História, personalidade, ideais, valores. O que usamos é arte, política, herança e cultura, são símbolos, muito mais que simples fios entrelaçados.

Aqui no Pombal Jornal, cuja equipa fundadora integrei enquanto Jornalista, passarei com orgulho e muito prazer a escrever-vos quinzenalmente sobre tudo o que se relaciona com esta temática: de crónicas como a de hoje a dicas, tendências e truques que possam aplicar ao vosso quotidiano.

Até já!

Partilhar
Artigo anteriorAssociação festejou 39 anos de dádivas de sangue
Próximo artigo(N)A ESCOLA DA VIDA | Pombal, Cidade Educadora
Depois de se dedicar ao Jornalismo, decidiu aprofundar os seus conhecimentos numa vertente menos explorada ao longo da sua formação académica, a comunicação não-verbal. Após uma especialização em Lisboa em Consultoria de Imagem, lançou-se a título pessoal na área da Moda. No último ano, foi contratada pelo grupo Sonae para realizar serviços de Personal Shopping aos seus clientes, marcou presença na Vogue Fashion's Night Out, trabalhou no grupo Creative Concept como responsável pela gestão dos cursos leccionados e pelo departamento de Comunicação da Creative Academy e actualmente exerce funções enquanto Social Media Manager de eventos de Moda. Trabalha de perto com grandes marcas de luxo internacionais sediadas na Avenida da Liberdade e com designers portugueses vocacionados para noivas. Em Pombal tem uma parceria com a Quinta da Concha, o primeiro espaço da região dedicado a casamentos a disponibilizar os serviços de uma fashion adviser. Apesar de se mover na capital, tem especial gosto pelo trabalho com clientes da zona centro. Contactos: anarendalltomaz@gmail.com||www.facebook.com/anarendallstylist/