Jovem natural de Vermoil morre em acidente na A1

0
28310

Ana Sofia Oliveira Ponte, de 23 anos de idade, residente na Canavieira, freguesia de Vermoil (Pombal), morreu na sequência de um despiste de moto ocorrido na Auto-Estrada do Norte (A1), na zona de Torres Novas.
O acidente ocorreu no passado sábado, dia 3, por cerca das 11 horas, ao Km 110 da A1, no sentido Sul/Norte. Segundo fonte do Comando Distrital das Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, a vítima foi assistida no local por elementos das corporações de bombeiros de Torres Novas e Alcanena, bem como dos técnicos da ambulância Suporte Imediato de Vida (SIV) e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
No entanto, apesar dos esforços, a jovem acabou por entrar em paragem cardiorrespiratória. A gravidade dos ferimentos ainda levou a que tivesse sido accionado um helicóptero do INEM, contudo não chegou a avançar para o local, tendo a vítima sido transportada por ambulância, com o apoio do médico da VMER para o Hospital de Santo André, mas não foi possível reverter a situação, tendo sido declarado o óbito.
Ana Sofia Oliveira Ponte trabalhava na pastelaria “Pastel Dourado”, nas Meirinhas, e o seu funeral realiza-se esta terça-feira a partir das 15 horas na Igreja de Vermoil. Após celebração de missa de corpo presente, será sepultada no cemitério local.

Partilhar
Artigo anteriorBiblioteca de Pombal disponibiliza novas tecnologias aos utentes
Próximo artigoLucídio de Oliveira: a lua-de-mel ‘romântica’… na Coreia do Norte
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.