Idosa assaltada e espancada por quatro assaltantes

0
9393

Uma idosa, residente nas Meirinhas, foi violentamente espancada por quatro homens encapuzados, que assaltaram a sua residência na madrugada desta segunda-feira, 7 de Maio. Cremilde Gaspar sofreu lesões na cabeça e no rosto, tendo sido hospitalizada em Leiria.
Tudo aconteceu por cerca das duas horas da madrugada, quando a idosa, de 80 anos de idade, foi surpreendida, quando dormia, por quatro indivíduos encapuzados. Os assaltantes agrediram o cão da vítima, que estava no exterior da habitação, até este se calar, tendo depois arrombado a porta principal da casa.
Já no interior da habitação, exigiram à mulher todo o dinheiro que tinha, espancando-a barbaramente na cabeça e no rosto, deixando-a com profundas lesões. Durante o assalto, os indivíduos vasculharam a casa, de um canto ao outro, à procura de dinheiro e ouro, tendo fugido com algumas notas que a vítima tinha na carteira, e os seus dois brincos em ouro.
Cremilde Gaspar, que se movimenta com o auxílio de uma bengala, percorreu cerca de 300 metros até chegar a casa de uma vizinha para pedir ajuda. Inicialmente a moradora não reconheceu a idosa, devido ao facto de se apresentar com a cara ensanguentada, tendo-a reconhecido pela voz.
A idosa foi assistida pelos Bombeiros Voluntários de Pombal, acabando por ser transportada para o Hospital de Santo André, em Leiria, de onde saiu na manhã desta terça-feira, sido acolhida por uma filha, residente na zona de Coimbra.
O caso encontra-se a ser investigado pela Directoria do Centro da Polícia Judiciária.

Partilhar
Artigo anteriorColisão entre automóvel e camião faz dois mortos no IC2
Próximo artigoRENDALÍSSIMA | e os casamentos?
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.