ETAP mostra oferta formativa em Semana Aberta

0
713

A Escola Tecnológica Artística e Profissional de Pombal (ETAP) abriu ontem, dia 21, as suas portas à comunidade educativa, civil e empresarial, numa nova edição da Semana Aberta, que decorrerá até 24 deste mês de Fevereiro. No último dia, pelas 15 horas, terá lugar a cerimónia de entrega de diplomas de mérito a alunos, precedida de uma visita àquela que foi a primeira escola profissional criada no país.
À semelhança do que tem acontecido em anos anteriores, aquela iniciativa destina-se, essencialmente, aos alunos do 8º e 9º anos de escolaridade e tem como objectivo dar a conhecer o espaço escolar, demonstrar as melhores práticas de cada um dos cursos ministrados pela escola, bem como as infra-estruturas e equipamentos de ensino e investigação, associados a cada um dos cursos e às suas saídas profissionais.
Durante os quatro dias, cada curso irá preparar diversas actividades de forma a possibilitar aos visitantes uma maior proximidade e envolvimento com as práticas lectivas desenvolvidas na escola, bem como trabalhos e projectos desenvolvidos, “facultando aos jovens informação sobre a oferta formativa existente para, desse modo, os poder habilitar a tomar decisões mais conscientes e informadas sobre o seu futuro formativo e profissional.”
De referir que a ETAP, detida pelo município e por mais de quatro dezenas de empresas do concelho, oferece algumas formações, a nível do ensino profissional (com equivalência ao 12º ano), únicas na área da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (como é o caso dos cursos profissionais de Electromecânica, Mecatrónica, Mecatrónica Automóvel Transformação de Polímeros e de Programação e Maquinação CNC), bem como outras como são o caso dos cursos profissionais de Técnico de Turismo, Técnico de Vendas e Técnico Auxiliar de Saúde. Disponibiliza, ainda, Cursos de Educação e Formação, com equivalência ao 9º ano.

Partilhar
Artigo anteriorPombal tinha 1.212 desempregados no final do ano
Próximo artigoTribunal condena piloto que aterrou de emergência no IC8
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.