Duas crianças feridas com gravidade em colisão no IC8

0
806


Duas crianças, de 13 e quatro anos, sofreram ferimentos considerados graves, na sequência de uma colisão entre dois automóveis ligeiros de passageiros, ocorrido ao início da noite desta terça-feira, dia 2 de Janeiro, no Itinerário Complementar nº 8 (IC8), na localidade dos Pousios, próximo de Pombal.
O alerta foi dado por cerca das 19 horas, dando conta de uma colisão entre dois veículos ligeiros na conhecida “recta da lixeira” com vítimas encarceradas. Porém, os primeiros bombeiros a chegarem ao local verificaram que não era necessário o recurso a material de desencarceramento.
A violência da colisão fez com que um dos veículos ficasse imobilizado na faixa de rodagem, enquanto o outro automóvel foi projectado para fora da estrada, imobilizando-se a alguns metros da berma, numa zona de mato. Na viatura seguiam as duas crianças que sofreram ferimentos considerados graves. Após o socorro prestado pelos bombeiros, foram transportadas para o Hospital Pediátrico de Coimbra, tendo sido interceptadas em trânsito pela equipa de socorristas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
De acordo com o comandante da corporação de Bombeiros Voluntários de Pombal, Paulo Albano, as vítimas mostraram-se “conscientes e colaborantes” durante a operação de socorro, mas apresentavam lesões “consideradas graves”, com “possíveis traumatismos crânio-encefálico uma e, no tórax a outra”. “A senhora que as acompanhava, possível mãe, não sofreu ferimentos, não tendo sido assistida”, disse, acrescentando que já o condutor do segundo veículo “sofreu ferimentos ligeiros”, tendo sido encaminhado para o Hospital Distrital de Pombal.
As operações de socorro foram asseguradas por mais de uma dezena de operacionais do corpo de bombeiros, auxiliados por seis viaturas: um veículo de comando, um veículo de desencarceramento, um veículo de combate a incêndios e três ambulâncias.
As causas do acidente, que obrigou ao condicionamento da circulação rodoviária naquela via, estão a ser investigadas pelos militares da Guarda Nacional Republicana, que tomaram conta da ocorrência.
Cerca de meia hora antes, a mesma corporação de bombeiros esteve envolvida no combate a um incêndio que deflagrou num veículo automóvel, no mesmo IC8, próximo da intersecção com o IC2. Segundo Paulo Albano, o condutor ao aperceber-se da eclosão do incêndio, imobilizou o automóvel na berma da estrada. Quando os bombeiros chegaram já a parte do motor estava totalmente tomada pelas chamas, não havendo vítimas a registar.

Partilhar
Artigo anteriorCercipom projecta novo CAO descentralizado
Próximo artigoASAE desmantela unidade de abate clandestino de leitões e detém responsável
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.