Congresso federativo é “momento histórico” para o PS de Pombal

0
1979

A escolha de Pombal para a realização do XVIII Congresso Federativo do PS Leiria é para a estrutura concelhia do partido “um enorme orgulho” e “representa sem dúvida um momento histórico”, afirma a sua presidente.
Para Odete Alves, “este tipo de eventos constitui sobretudo uma oportunidade de debate público de ideias que permite um enriquecimento extraordinário a quem nele participa”, daí que a líder concelhia dos socialistas considera que o congresso “é também um momento de afirmação de lideranças e de reforço da unidade do partido.”
A reunião magna da família socialista do distrito terá lugar no próximo sábado no auditório do centro grossista Pombal Fashion, na Assanha da Paz. Segundo a Comissão Organizadora do Congresso, presidida por Walter Chicharro, a sessão de abertura está prevista para as 10h00 e a de encerramento para as 17h00.
A concelhia de Pombal “convida todos os militantes e simpatizantes a participar neste congresso e a deixar os seus inestimáveis contributos”, refere Odete Alves.
O congresso realiza-se depois de o deputado António Sales ter sido reeleito presidente da Federação Distrital de Leiria, derrotando o advogado José Pereira dos Santos. Médico de profissão, António Sales, de 55 anos, garantiu 624 votos contra 385 da candidatura adversária, conquistando o seu segundo mandato à frente da federação.
Citado numa nota de imprensa, o dirigente refere que “esta vitória expressiva” é a confirmação pelos militantes de que o caminho que a federação está a seguir “é o correcto” e no qual se revêem. “Os militantes têm a minha palavra de que vamos continuar neste caminho de abertura, crescimento e afirmação do PS num distrito que durante tantos anos foi dominado pela nossa oposição”, afirma.
Segundo o socialista, que agradeceu o apoio, “esta foi uma vitória da transparência, competência, da ética, do civismo e da responsabilidade”. “Uma vitória com esta dimensão é o reconhecimento do trabalho feito nos últimos dois anos e dos resultados obtidos”, declara o socialista, adiantando, “aos que vieram para esta eleição com uma agenda pessoal”, que “os militantes responderam de forma inequívoca nas urnas”.
António Sales, que foi reeleito para um mandato de dois anos, reconheceu que “há grandes desafios num futuro próximo para o PS no distrito de Leiria”, acreditando que a sua equipa “tem a experiência e a irreverência necessárias para lidar com todos eles, especialmente agora” que o PS no distrito está “finalmente unido”. “O grande desafio é dar continuidade ao trabalho feito até aqui para que possamos contribuir para grandes vitórias do PS, quer nas próximas eleições europeias, quer nas eleições legislativas”, acrescentou o presidente reeleito da Federação Distrital de Leiria do PS.

Partilhar
Artigo anteriorMulher de Pombal entre os casos confirmados de sarampo
Próximo artigoFernando Mendes estreia “Insónia” em Pombal
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.