Colisão entre automóvel e camião faz dois mortos no IC2

0
18518

Duas pessoas, um homem e uma mulher, com cerca de 80 anos de idade, morreram ao final da tarde desta segunda-feira, 7 de Maio, na sequência de uma colisão entre um automóvel ligeiro de passageiros e um veículo pesado de mercadorias. O trágico acidente ocorreu, por cerca das 19h15, no Itinerário Complementar 2 (IC2/EN1), na zona de Outeiro da Ranha, na freguesia de Vermoil (Pombal).
De acordo com informações recolhidas, o violento acidente ocorreu no momento em que o automóvel, onde seguiam as vítimas, vindo da estrada de acesso a Vermoil, se preparava para entrar no IC2/EN1, presumivelmente com destino a Carnide, no outro lado da estrada. O condutor do camião, que seguia no sentido Leiria-Pombal, não conseguiu travar a tempo de evitar a colisão.
O veículo pesado, que viajava sem carga, ficou atravessado, fora da estrada, imobilizando-se junto à zona de estacionamento de um restaurante, chegando a embater contra um poste de electricidade que tombou sobre o camião.
As vítimas não resistiram aos ferimentos, tendo o óbito sido declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), afecta ao Centro Hospitalar de Leiria.
O camionista sofreu ferimentos considerados ligeiros, tendo sido assistido no local, não necessitando de ser transportado a unidade hospitalar.
No local do acidente estiveram 19 operacionais e dez viaturas dos bombeiros de Pombal, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), GNR e Infraestruturas de Portugal.
As causas do acidente, e em que circunstâncias ocorreu, estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação do Destacamento de Trânsito de Leiria, para depois apurar as respectivas responsabilidades.

Partilhar
Artigo anteriorEstúdio F2.8 celebra décimo quarto aniversário
Próximo artigoIdosa assaltada e espancada por quatro assaltantes
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.