Chuva e muito vento até sexta-feira

0
1013

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a precipitação, “pontualmente forte e localizada, será persistente ao longo dos próximos dias”, sobretudo nas regiões do litoral Norte e Centro, podendo ocorrer associada a trovoada e queda de granizo. Até sexta-feira, prevê-se um agravamento das rajadas de vento, que poderão atingir os 100km/h nas terras altas e 80km/h no restante território, não estando excluída a possibilidade de se verificarem fenómenos extremos de vento.
Dada a forte instabilidade atmosférica prevista, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) emitiu ontem um comunicado, alertando para os efeitos do estado do tempo. A ANPC adverte a população para o piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo; a possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, devido à acumulação de águas pluviais ou insuficiência dos sistemas de drenagem; a possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas mais vulneráveis; inundações de estruturas urbanas subterrâneas devido a condições de drenagem deficientes; danos em estruturas montadas ou suspensas; dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente durante períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais mais vulneráveis; queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte; acidentes na orla costeira; e fenómenos geomorfológicos de instabilidade de vertentes devido à saturação dos solos e perda de consistência dos terrenos.