Charme e qualidade do Cardal Hotel merecem distinção nacional

0
270
Elisabete João (à esq.) com dois dos colaboradores do hotel

O Trivago Awards 2018 já divulgou a lista dos melhores hotéis do nosso país. Entre eles está o Cardal Hotel, um dos distinguidos na categoria 3 estrelas.

É no coração da cidade, com vista privilegiada sobre o Largo do Cardal, que fica o Cardal Hotel, a unidade hoteleira que foi recentemente considerada, pelo Trivago Awards 2018, um dos 10 melhores hotéis nacionais, na categoria 3 estrelas.
Construído em 1985 pelo empresário Adelino Abreu João, o Cardal Hotel soube renovar-se e adaptar-se às exigências dos clientes, mas sem perder de vista as marcas diferenciadoras que lhe têm merecido o reconhecimento de quem passa por ali. Com 35 quartos e duas suites, onde o charme, a elegância e o conforto são apontamentos dominantes, o hotel modernizou-se sem abdicar do ambiente familiar que esteve na sua génese.
Para Elisabete João, directora da unidade e filha do fundador, “as condições físicas”, aliadas à “qualidade do serviço que diariamente proporcionamos aos nossos clientes” são argumentos de peso e têm conquistado cada vez mais clientes. A par disso, acrescenta Elisabete João, “prezamos por promover um serviço personalizado, diferenciador, conjugado com um ambiente intimista e acolhedor”.
Características que resultam sobretudo da “motivação e dedicação” de todos os colaboradores, “essencial para que consigamos garantir a excelência do serviço prestado”, sublinha aquela responsável. “A satisfação do nosso cliente é o pressuposto da actividade de toda a equipa, independentemente da função que cada um desempenha”, realça.
O reconhecimento como um dos melhores do país traz, no entanto, responsabilidades acrescidas, ainda que não venha “alterar em nada a nossa forma de estar e trabalhar”, afirma Elisabete João. “Consiste, antes de mais, num importante estímulo para toda a equipa”, ao mesmo tempo que exprime um “reconhecimento da dedicação com que todos, no Cardal Hotel, diariamente tratamos cada um dos nossos clientes”. A tudo isto acresce uma “maior visibilidade” que contribui “decisivamente para o incremento da nossa notoriedade”.
A directora da unidade hoteleira acredita, ainda, que esta maior exposição do Cardal Hotel é “extensível ao concelho”, contribuindo para “acrescentar valor à oferta turística de Pombal”. “É incontornável considerar que tal classificação é um importante catalisador na atracção de mais turistas” para visitar Pombal e aqui pernoitarem.
“Actualmente, nas dinâmicas turísticas, tão ou mais importante que atrair turistas ao concelho e à cidade, é criar condições e conseguir que os mesmos parem e fiquem, acrescentando valor significativo na economia local”, evidencia Elisabete João.

Turismo em crescimento

Com um olhar optimista sobre o sector turístico local, a empresária considera que “Pombal já está no mapa dos grandes operadores internacionais, fruto do empenho colocado na divulgação deste destino nos programas propostos pela Dtravel aos nossos parceiros internacionais”. Um trabalho que tem resultado num crescente aumento de turistas no concelho e que escolhem o Cardal Hotel e as outras unidades hoteleiras da cidade para pernoitar. “Naturalmente que a euforia que felizmente se sente um pouco por todo o país acaba por se repercutir também em Pombal”, nota aquela responsável, que não deixa, contudo, de “enaltecer o papel e esforço das entidades locais e regionais na promoção da nossa oferta turística”. Uma realidade que, no seu entender, deve ser potenciada “através da cooperação com os operadores turísticos com o intuito de serem desenvolvidos produtos específicos para a nossa região ou que integrem as nossas ofertas”. É fundamental, afirma Elisabete João, “privilegiar estas parcerias de modo a optimizar os esforços de divulgação por todos e, assim, atingir uma verdadeira valorização do território”.
Além do turismo de lazer e integração de Pombal em muitos roteiros turísticos internacionais, “tem sido igualmente determinante para a hotelaria e economia local o esforço dos autarcas e entidades locais na atracção de vários eventos para Pombal”, acrescenta a directora do Cardal Hotel.
Mas para atrair turistas, é preciso que haja motivos de interesse que são um verdadeiro “cartão-de-visita”. E aqui tomam parte a “localização geográfica, a rede de infraestruturas, o património, proximidade de todas as infraestruturas e o acolhimento e simpatia que tão bem caracterizam os pombalenses”.
“Eu costumo dizer que o Cardal Hotel é um mini resort, porque encontra-se localizado em pleno jardim e é servido por uma panóplia de lojas, incluindo a farmácia e não esquecendo a proximidade com a igreja , com o mercado, com o Castelo, com os restaurantes e espaços de diversão. Está igualmente a dois paços dos Paços do Concelho e da Praça Marquês de Pombal, onde os turistas também podem encontrar alguns pontos de interesse”, argumenta a directora da unidade hoteleira. E quem procura o hotel? “Os turistas de lazer” mas também o corporate e ainda aqueles que são atraídos “por eventos que acontecem regularmente na nossa cidade” e que têm representado uma forte aposta “dos autarcas e entidades locais”.