Câmara de Ansião promove concurso de projectos inovadores

0
224

A Câmara Municipal de Ansião vai assinalar o 10º aniversário do Centro de Negócios com a organização da semana “Inove Ansião Coração de Sicó”, de 8 a 12 de Outubro. Nesse âmbito vai promover o primeiro concurso de projecto inovadores “2 Startup – liberta a tua inovação”.
Considerando que “muitos negócios, ou muitas ideias, sentem uma enorme dificuldade em implementar-se devido à falta de capacidade ou conhecimento de como iniciar esse negócio”, a autarquia refere que o concurso tem como objectivo “dar oportunidade a pessoas empreendedoras de desenvolverem as suas ideias de negócios durante dois dias”.
“Por outro lado, alguém ligado a uma determinada área sabe o que lhe daria vantagem competitiva sobre a concorrência, embora não saiba como desenvolvê-la”, acrescenta, frisando que o concurso “irá proporcionar a cinco finalistas, previamente seleccionados por um júri, ajuda de um ‘networking’ a nível de várias competências, como científicas, financeiras, de marketing e de ‘Bussines Angels’, para solidificarem os seus diferentes projectos”.
Ainda segundo a Câmara Municipal, “no final do segundo dia, os cinco projectos serão apresentados a uma plateia composta essencialmente por empresários, que irá eleger o vencedor através de um processo de votação”, adiantando que “o vencedor será acompanhado por várias entidades, nomeadamente a Câmara Municipal de Ansião, através do seu Gabinete de Apoio ao Empreendedorismo, para que o projecto possa ser executado”.
As inscrições para o concurso serão feitas no portal municipal (www.cm-ansiao.pt), a partir da primeira semana de Setembro, onde estarão disponíveis também todas as informações sobre o funcionamento e as exigências deste concurso.

Partilhar
Artigo anteriorAbertura do Centro Escolar de Meirinhas adiada para Janeiro
Próximo artigoHospital: Taxa de internamento ‘baixa’ encerra serviço de Cirurgia
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.