Atletas da Vilaventura ligam Tróia a Sagres de bicicleta

0
306
Vilaventura
Seis elementos da Vilaventura juntaram-se nesta aventura

A equipa de BTT da Vilaventura continua a somar quilómetros. O último desafio decorreu no dia 26 de Agosto e juntou seis atletas da equipa de Vila Cã. Albano Fernandes, Bruno Gonçalves, Cláudio Vieira, Nuno Carvalho, Ricardo Neves e Telmo Antunes percorreram 225 quilómetros, entre Tróia e Sagres, numa aventura que durou cerca de sete horas e meia. Ao espírito desportivo juntou-se a boa-disposição, elemento fulcral ao longo do trajecto. O grupo contou, ainda, com o apoio logístico de Tiago Santos.
No final, não faltaram os agradecimentos à Junta de Freguesia de Vila Cã, que cedeu o transporte, bem colmo aos restantes patrocinadores oficiais, sem os quais esta missão não teria tido o mesmo êxito, reconhecem os responsáveis da Vilaventura.


Carrinhos de rolamentos
Mas nem só ao BTT se dedica o grupo. Para isso há que recuar ao passado dia 13 de Agosto, para recordar aquele que foi um domingo recheado de adrenalina vivido pelos cerca de 40 participantes que aceitaram o desafio da Vilaventura para mais uma edição da Corrida de Carros de Rolamentos e Trikes de Vila Cã.
A iniciativa decorreu durante todo o dia, e juntou, no centro da localidade, adeptos desta prática com idades entre os nove e os 55 anos, provenientes de vários pontos do país.
Segundo a organização, “o evento decorreu sem qualquer tipo de incidentes e ficou marcado pela boa disposição de todos os participantes, colaboradores e assistência”, tendo contado ainda com a presença de Ana Tenente, presidente da Junta de Freguesia, da vereadora Ana Gonçalves e de elementos da JSD.
Sendo o sucesso resultado do envolvimento de muita gente, a organização agradece não apenas a presença dos participantes, sem os quais o evento não teria aquela amplitude, mas não esquece também os patrocinadores. No entanto, “há ainda lugar a uma palavra especial de apreço a todos os colaboradores do Vilaventura, que mais uma vez trouxeram para este evento a dedicação, disponibilidade e energia que os caracterizam”, refere Nuno Carvalho, coordenador da Secção de Desporto e Aventura do Centro Cultural e Recreativo de Vila Cã, da qual faz parte a Vilaventura.