Associação Artística Marquês de Pombal inaugura sede

0
182
O concerto de estreia do quinteto foi em 2015, no museu municipal Marquês de Pombal

É na antiga escola primária de São Francisco, na extinta freguesia de Santiago de Litém, que vai nascer este sábado, dia 04, o Centro Cultural da Borda, um espaço que será sede, sala de ensaios e de concertos da Associação Artística Marquês de Pombal. Em dia de inauguração, agendada para as 21h00, o programa vai ser preenchido com dois concertos, um do quinteto anfitrião, na primeira parte, e outro do Projecto Jazz.

O concerto de estreia do quinteto foi em 2015, no museu municipal Marquês de Pombal

Leonel Francisco, que integra o grupo e preside à direcção da associação desde que esta foi fundada, em 2015, acredita que este é um passo importante na vida do grupo, possibilitando a melhoria da componente musical, a realização de mais concertos e de masterclasses. Um conjunto de mais-valias que darão um contributo para o desenvolvimento cultural da União de Freguesias de Santiago e São Simão de Litém e Albergaria dos Doze, onde a escola se localiza, mas em particular para a localidade que lhe serve de âncora, defende o músico e dirigente.
Ainda que o objectivo fosse transformar uma das salas de aula da velhinha escola apenas em casa de ensaio, as obras de reabilitação, a nível acústico e térmico, trouxeram novos planos. A par dos ensaios e concertos, a associação, actualmente com 28 associados, quer fazer daquele um palco para outras manifestações culturais, adianta Leonel Francisco.
As obras tiveram início em meados de Junho deste ano e representaram um investimento na ordem dos 5.000 euros, valor que inclui já a aquisição de um piano acústico usado. Para isso, a associação usou fundos próprios, até ao montante que tinha disponível, mas socorreu-se, também, do apoio de duas empresas, que suportaram o montante em falta, e da boa vontade de um elemento da localidade, que ofereceu a pintura.