Ana Tenente renova candidatura independente a Vila Cã

0
2177

“Vila Cã à Frente” é o lema da recandidatura independente de Ana Tenente Gonçalves à presidência da Junta de Freguesia de Vila Cã. O respectivo processo eleitoral foi entregue nesta segunda-feira à tarde no Tribunal de Pombal, tendo como mandatária Teresa Santos Leitão.

A candidata, e actual presidente da Junta, afirmou que a “expectativa é a vitória”, uma vez que faz um “balanço positivo” do seu mandato, apesar dos momentos conturbados vividos nos últimos meses. “São questões políticas e temos de estarmos preparados para tudo”, frisou.

Anunciando que contará com o apoio do movimento independente Narciso Mota – Pombal Humano, Ana Tenente sublinha que o mesmo também conta com o seu apoio.

Quanto ao próximo mandato, a candidata anuncia como principais prioridades a construção do pólo escolar, a realização de acções de protecção florestal, a conclusão das obras no cemitério, bem como a construção de um parque de merendas e lazer na sede de freguesia e continuar a apoiar as diversas colectividades.

Com 45 anos, Ana Tenente Gonçalves encabeça a lista “Vila Cã à Frente”, que integra os nomes de Clément Santos Cruz (técnico de automação e robótica), Diamantino Guardado Luís (reformado), Patrícia da Silva Lopes (enfermeira), Renato Pedrosa Ferreira (engenheiro agrícola), Carina Oliveira Pereira (administrativa), Arsénio Duarte Ribeiro (reformado), Catarina Corga Lopes (enfermeira) e Ângela Maria Ferreira (engenheira agrícola).

Partilhar
Artigo anteriorPartido da Terra estreia-se nas eleições autárquicas
Próximo artigoPSD renova lista candidata à Câmara Municipal
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.